blog

ATUAÇÃO SOCIAL QUE GERA LUCRO É NOVA TENDÊNCIA

Negócios sociais são empreendimentos que procuram ter impacto social positivo e ao mesmo tempo gerar lucro para o empreendedor que trabalha a favor de uma causa ou resolução de um problema social.
É um tema em evidência entre os estudiosos do terceiro setor. Segundo o Edgard Barki, professor na Fundação Getúlio Vargas, negócios sociais são autossustentáveis, com impacto social e cujo lucro pode ser todo reinvestido na empresa ou distribuído em parte para os acionistas. Iniciativas que busquem dar acesso barato a serviços básicos, como saúde e educação, são exemplos de negócios sociais. O assunto é tão recente no Brasil, que só começou a entrar na grade dos cursos de Administração há aproximadamente dois anos. A Artemisia, parceira do Social Good Brasil, realiza um trabalho de aceleração de negócios sociais. Dá consultoria para iniciativas selecionadas que atendam ao objetivo de produzir impacto social. No ano passado, mais de 600 negócios pleitearam apoio da Artemisia, dos quais 21 foram escolhidos pela organização, que busca exemplos que inspirem, ideias escaláveis e empreendedores experientes. Robert Parkinson, coordenador de parcerias da Artemisia, já percebe um crescimento no interesseemcolocar este tipo de iniciativa em prática: “Em 2011, havia apenas um fundo de investimento para negócios sociais no Brasil. Atualmente, há vários”. Um dos casos mais famosos de negócio social no país é o da Saútil. Uma plataforma, online desde 2011, que agrega informações sobre atendimento público de saúde para consulta pública. Gratuitamente, qualquer usuário pode ficar sabendo qual o posto de saúde mais próximo de sua casa e onde conseguir o remédio que precisam. Edgar Morato (foto abaixo), diretor executivo e um dos sócios, representou o Saútil no Seminário Social Good Brasil em 2012. sddjffbds Tatiana Magalhães, outra sócia do Saútil, trabalhava em uma grande empresa. A decisão de largar o emprego estável para se dedicar ao projeto, como acontece com a maioria das pessoas que abrem um negócio próprio, não foi fácil. Já a motivação foi um pouco diferente da maioria dos empreendedores:“A decisão final foi por querer ajudar pessoas, entregar algo maior a elas”.* ——- Veja a matéria completa “ATUAÇÃO SOCIAL QUE GERA LUCRO É NOVA TENDÊNCIA“ Socialgoodbrasil.